BONITO / MS

31�

21�

quarta, 20 de outubro de 2021

quinta, 26 de agosto de 2010

Saiba como medir a sensação de calor

* Por: Carlos Ricardo Fietz

O calor excessivo, além de provocar desconforto, pode afetar o desempenho e o comportamento das pessoas, causando mal-estar, inquietações e perda de concentração. A forma mais comum de quantificar ou medir a sensação de calor que sentimos é através da temperatura do ambiente, o que nem sempre é a melhor.

A maioria das pessoas já deve ter percebido que a sensação de calor que uma mesma temperatura provoca varia com a época do ano e local. Por exemplo, a sensação de calor que a temperatura de 30ºC proporciona, geralmente, não é a mesma em setembro ou dezembro e também varia em diferentes cidades, às vezes não muito distantes. Isso ocorre por que a sensação de calor não é definida apenas pela temperatura, mas também por outros fatores ambientais, como a umidade do ar, a velocidade do vento e a radiação solar e por fatores individuais, como o metabolismo e o tipo de vestimenta das pessoas.

Devido ao desconforto e às vezes ao risco que o excesso de calor pode causar, vários indicadores desse tipo de estresse térmico foram criados. Nos Estados Unidos é muito utilizado o índice de calor ou temperatura aparente. Esse índice avalia o desconforto térmico nas pessoas causado pelo excesso de calor devido ao efeito conjunto da temperatura e da umidade do ar. A temperatura aparente é resultado de um extenso estudo realizado pelo pesquisador australiano R. G. Stedman que avaliou vários fatores que influenciam a sensação de calor nos seres humanos. Apesar da temperatura e a umidade do ar serem as únicas variáveis utilizadas no cálculo desse índice, outros 20 parâmetros são considerados e estão implícitos na sua determinação.

A determinação da temperatura aparente exigiu uma metodologia complexa e detalhada, mas os resultados têm fácil interpretação. Geralmente são apresentados em tabelas que permitem a obtenção do índice a partir da temperatura e da umidade do ar. Na tabela a seguir está apresentada a temperatura aparente para várias combinações de temperatura e umidade do ar.

Quando a temperatura do ar é média ou baixa, menos de 28°C, a umidade relativa tem pouca influência ou não afeta a temperatura aparente. Nessas condições, a sensação de calor que as pessoas sentem deve-se totalmente à temperatura do ar. Assim, em uma situação em que a temperatura do ar é 26°C, se a umidade relativa for 40%, a temperatura aparente será de 26,2°C. A diferença é de apenas 0,2ºC, significando que a temperatura que o corpo humano sente é praticamente a mesma que a temperatura do ar.

Umidade relativa

(%)

Temperatura do ar (ºC)

26

28

30

32

34

36

38

25

25,7

26,9

28,4

30,3

32,5

35,0

37,9

30

25,8

27,1

28,8

30,8

33,3

36,2

39,4

35

26,0

27,4

29,2

31,5

34,3

37,5

41,3

40

26,2

27,7

29,7

32,3

35,4

39,1

43,4

45

26,4

28,0

30,3

33,2

36,8

41,0

45,9

50

26,6

28,4

31,0

34,4

38,4

43,1

48,6

55

26,7

28,9

31,9

35,6

40,2

45,5

51,6

60

26,9

29,4

32,8

37,1

42,2

48,1

55,0

65

27,1

30,0

33,9

38,7

44,4

51,0

58,6

70

27,3

30,7

35,0

40,4

46,8

54,2

62,5

75

27,5

31,4

36,3

42,3

49,4

57,5

66,7

80

27,7

32,1

37,7

44,4

52,2

61,2

71,3

85

27,9

32,9

39,1

46,6

55,2

65,1

76,1

90

28,0

33,7

40,7

49,0

58,4

69,2

81,2

No entanto, em condições de alta temperatura, 28ºC ou mais, a influência da umidade relativa é significativa. Se a temperatura do ar for 32°C e a umidade relativa 70%, a temperatura aparente será de 40,4°C. Nessa situação, as pessoas sentirão como se a temperatura do ar estivesse a 40,4°C, sendo 8,4°C a mais que a temperatura do ar.

A temperatura aparente pode ser utilizada para avaliar o risco do excesso de calor à saúde com base, por exemplo, no critério da NOAA´s National Weather Service Regional Office dos Estados Unidos:

Temperatura Aparente

(ºC)

Situação

Menor que 27

sem risco

27 – 32

atenção

32 – 41

muita atenção

41 – 54

perigo

maior que 54

perigo extremo

Sem dúvida, a temperatura aparente é um índice obtido de forma criteriosa, mas apresenta algumas limitações. A principal é considerar os efeitos do calor excessivo em condições de sombra e ventos fracos. Sabe-se que exposições ao sol podem aumentar os valores da temperatura aparente em mais de 8ºC.

*pesquisador Carlos Ricardo Fietz, Embrapa Agropecuária Oeste, Dourados-MS

COLUNISTA

Embrapa Pantanal

embrapa@portalbonito.com.br

Embrapa Pantanal, Coluna de publicação de artigos da Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias do Pantanal.

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: