BONITO / MS

31�

21�

quarta, 27 de outubro de 2021

quinta, 26 de agosto de 2010

Uma atividade única

A região da Serra da Bodoquena, no Estado do Mato Grosso do Sul, devido á sua formação geológica, possui inúmeras cavidades naturais alagadas, que propiciam a prática da atividade de mergulho em cavernas. Esta atividade, altamente especializada, é praticada por mergulhadores recreativos, treinados em uma categoria diferenciada conhecida como “Mergulho Técnico”, onde o nível de experiência, treinamento, equipamentos e autoconhecimento, são extremamente fundamentais para a segurança do praticante. O Ambiente de teto, encontrado nas cavernas, exige uma série de procedimentos especiais para a segurança do mergulhador, já que, diferentemente dos mergulhos em águas abertas, não temos o acesso direto para a superfície, regra de segurança primordial no mergulho recreativo. Profundidades maiores do que 30 metros também exigem o uso de gases especiais para reduzir ou eliminar a chamada “narcose” e também a toxicidade pelo oxigênio. Fontes de luz primárias de grande potência e redundantes o suficientes para um retorno seguro também fazem parte das regras. Técnicas de natação adequadas para o ambiente confinado também fazem parte das ‘técnicas para ajudar a manter boa visibilidade da água.

No passado o “mergulho em cavernas” já foi considerada a atividade esportiva mais perigosa do mundo, mas depois de muitos anos de experiências e análises sobre de acidentes, chegaram-se aos procedimentos atuais, que permitem uma formação mais adequada ao praticante, e principalmente, técnicas muito mais seguras, que foram responsáveis pelas mudanças nas estatísticas. Para muitos é a chamada “Fórmula Um” do mergulho.

Na década de 90 até o impedimento da atividade pelo antigo Ibama (Portaria 89 no ano de 2001), toda a região de Bonito MS experimentou um fluxo muito grande de um turista diferenciado, composto pelos mergulhadores em caverna, público geralmente de bom poder aquisitivo, e totalmente voltado para a preservação e conservação dos ambientes aquáticos cavernícolas . A experiência do passado com o “mergulho em cavernas”, mostrou para a região um grande e diferenciado potencial de exploração de ecoturismo, ajudando a movimentar a economia local durante muitos anos.

Para a exploração das cavernas alagadas da região, foi desenvolvido pelo Diretor Presidente da NAUI South America, Sr. Alvanir S. Oliveira “Jornada” NAUI #19845, o Projeto Cavernas Alagadas da Bodoquena, que desde 2007, através de várias expedições, está colaborando para o descobrimento de novas cavernas mergulháveis e verificação de potencial para a prática da atividade pelos mergulhadores especializados. Todas as expedições acontecem em conformidade com as diretrizes do CECAV/ICMBio  e direção do Parque Nacional da Bodoquena .

A NAUI – National Association Of Underwaters Instructors é pioneira no ensino seguro de Mergulho no mundo, e seus mergulhadores sempre foram os precursores de diversas regras hoje utilizadas pela comunidade de mergulho.  Considerada a mais respeitada agência de treinamento de mergulho autônomo do mundo, se faz presente nesses treinamentos, através dos seus instrutores que são membros colaboradores da NASA (NBL- Laboratório de Flutuabilidade Neutra).

No ano de 2009, foi ministrado um curso especial para o Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Mato Grosso do Sul, visando um melhor conhecimento sobre o Mergulho com Segurança. Na corporação existem dois importantes instrutores de mergulho, qualificados dentro dos mais rigorosos padrões internacionais NAUI: Major Marcos Mezza NAUI #51416 e Major Adriano Rampazzo NAUI # 31798.

Nas duas últimas expedições do Projeto, o Major Meza esteve presente acompanhando o trabalho da equipe de mergulho, e aos poucos já está se interando da necessidade de treinamento especializado dentro da corporação, devido à complexidade das atividades do mergulho em cavernas.

É o retorno dos mergulhadores em cavernas parab a região ....

COLUNISTA

Alvanir S. Oliveira

jornada@portalbonito.com.br

Mergulhador há mais de 25 anos, proprietário e Responsável Técnico da Jornada Sub Mergulho Lojas Jundiaí e São Paulo www.jornadasub.com.br, training Representative NAUI World Wide www.naui.org, diretor da NAUI Service Center Mercosul www.naui.com.br, membro da Comissão Especial de Mergulho em Cavernas CECAV / IBAMA, membro Fundador da ABETA - Assoc. Bras. Empresas de Turismo de Aventura. Presidente da ABEM - Assoc. Bras. das Empresas de Mergulho 2002 -2003, responsável pelo Planejamento do Projeto de Recifes Artiticiais de Rio das Ostras RJ- PETROBRAS/LTS/COPPE/ IEAPM, responsável pelo planejamento de Mergulho do Projeto ORION - Macaé RJ Naufrágio Artifical,instrutor de Mergulho NAUI # 19.845, formador de INSTRUTORES NAUI MERCOSUL, course Director NAUI WorldWide, instrutor de NITROX NAUI, instrutor Wreck Penetration NAUITEC, instrutor de Pesca Submarina NAUI, instrutor de Primeiro Socorrismo e RCP...ASHI - American Safety and Health Institute, instrutor TDI - Techinical Diving Instructors # 3166. Instrutor Provedor de Oxigenio # 9605 .....DAN - Divers Alert Network, techinical Diver IANTD ..... International Association Nitrox & Techinical Divers, Full Cave Diver ..... NACD - National Association For Cave Diving, Cave Diving ..... NSS - National Speleological Society, Trimix Diver Full NAUITEC, Gas Blender - IANTD, Gas Blender NAUITEC. Pós Graduaçao UNICAMP NEPAM - Aluno Especial Sociedade Cultura e Ambiente / Arqueologia Subaquática - 2006, Pós Graduaçao UNICAMP NEPAM - Aluno Especial - Disciplina Ecologia Humana/ Arqueologia Marítima - 2006, Pós Graduaçao UNICAMP NEPAM - Aluno Especial - Arqueologia Pública - 2007, Bacharel em Administração de Empresas 1986, especializado em Planejamento e Controle de Produção 1987

Colunas relacionadas

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: