BONITO / MS

31º

21º

domingo, 09 de agosto de 2020

quinta, 14 de maio de 2020

Turismo tem linha de crédito extraordinário para enfrentar a pandemia

A MP 963 é resultado da atuação do Fornatur e setores privados do turismo desde o início das medidas de contenção da pandemia de coronavírus que afetou economicamente o segmento.

Bonito Notícias

Flutuação na Lagoa Misteriosa, em Bonito/MS(Foto: Grupo Rio da Prata)

 O setor turístico tem uma linha de crédito extraordinário de R$ 5 bilhões, criado pelo Governo Federal por meio da Medida Provisória 963. Os recursos são do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) e os detalhes da MP serão dados nesta semana pelo Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Essa MP é parte de reivindicações feitas pelo Fornatur (Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo), iniciadas no começo das ações de combate à disseminação do coronavírus no país. Segundo o presidente da entidade, Bruno Wendling, que também é diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FundturMS), o Fornatur agora pede celeridade do MTur. “Esperamos que os recursos cheguem o mais breve possível nos Bancos para que possam ser oferecidos aos empresários do setor. A ideia é que os empresários do turismo tenham condições diferenciadas para terem acesso a esse crédito, sem burocracias ou solicitação de garantias. Queremos que esses recursos sejam de fato um socorro para o turismo, que vem sofrendo perdas muito grandes com essa pandemia”, ressalta.

No Mato Grosso do Sul, o recurso deve ser operado pela Caixa Econômica Federal. Um dos requisitos para acesso à linha de crédito do Fungetur é estar registrado no CADASTUR, que é o cadastro dos prestadores de serviços turísticos. Para o prestador se certificar que o cadastro está regular, obter informações sobre o Cadastur ou auxílio a respeito de como realizar ou renovar o cadastro, é só entrar em contato com a Fundtur pelos telefones (67) 3318-7658 / 3318-7661 ou ainda pelo e-mail: cadasturms@gmail.com

Dia Nacional do Turismo

O Dia Nacional do Turismo foi instituído em maio de 2012 pela Presidência da República, que sancionou a Lei 12.625. A data é uma referência a 8 de maio de 1916, quando o Estado do Paraná solicitou que terras junto às Cataratas do Iguaçu fossem desapropriadas e declaradas de utilidade pública para a criação de um parque.

Mesmo enfrentando um grande desafio, este dia tão importante para o turismo não pode passar em branco. A força e resiliência faz com que o setor siga trabalhando para encontrar os caminhos que o levarão à recuperação. Novos tempos virão e veremos em breve o turismo voltar a trazer renda e desenvolvimento para a economia, além de experiências incríveis e memórias inesquecíveis para todos.

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: