BONITO / MS

31º

21º

quinta, 17 de outubro de 2019

sábado, 27 de julho de 2019

Convênio injeta novos recursos para promoção comercial do Turismo de MS

Na última quinta-feira (25) o Sebrae/MS, a Fundação de Turismo (Fundtur/MS) e as instituições que compõe o Sistema S assinaram o convênio que injeta mais R$ 750 mil nos pequenos negócios do trade turístico. Em 2019, os recursos para fortalecer o setor no estado somam R$ 6,8 milhões.

Bonito Notícias

Passeio de flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata(Foto: Marcio Cabral)

 O conjunto de ações integra o projeto MS Investe Turismo, e é um desdobramento do programa lançado no início de julho em Bonito.

O convênio assinado entre as instituições compreende linhas de ações, como a captação de novos voos e a promoção e comercialização dos destinos, levando empresários de MS para eventos estratégicos, por exemplo. Somente neste mês, um road show impactou diretamente mais de 500 agentes em São Paulo.

O diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, reforça que as ações são resultado de um trabalho integrado para o desenvolvimento. “Os parceiros, o Sebrae, Senai, Senac e Senar, estão neste processo ajudando a Fundação de Turismo na qualificação deste empreendimento para quem receber o nosso turista, e divulgando para fora, e o Estado fazendo toda a parte de infraestrutura, como reforma de aeroportos e rodovias”, afirma.

Segundo o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Bruno Wendling, o novo aporte vem dar continuidade a uma série de ações iniciadas em 2017 para fortalecer o setor no Estado. “O convênio potencializa ações que as instituições já vêm trabalhando. O Turismo é o que pode trazer uma nova fonte de renda, 99% das empresas do Turismo são pequenos negócios, ou seja, o dinheiro fica no local”.

O convênio tem duração de 12 meses, mas, segundo as autoridades, representa uma formalidade. Os trabalhos pelo setor vão continuar por pelo menos, mais três anos. Isto acontece porque para desenvolver a cadeia são necessárias ações de longo prazo. “Não é à toa o que ocorre em Bonito, a primeira reunião para consolidar o Turismo ocorreu em 1992”, citou Claudio Mendonça.

Apesar disto, a gestão integrada já começa a dar os primeiros resultados. Em Bonito, 2019 foi o melhor ano dos últimos três de ocupação de hotéis, conforme o Observatório do Turismo de Mato Grosso do Sul. Além disto, segundo a Fundtur, a previsão é de crescimento de 5% de entrada de turistas no Estado.

Mais de 50 setores são beneficiados diretamente pelo Turismo. Hoje, a instituição de apoio aos pequenos negócios atende 150 clientes do setor, capacitando os empresários em diversas áreas. “Um conjunto de capacitações de gestão de negócios, acesso ao mercado, marketing, inovação tecnológica, preparamos também as empresas para estarem presentes em uma rodada de negócios”, finaliza o gerente de Competitividade Empresarial do Sebrae/MS, Rodrigo Maia.

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: