BONITO / MS

31º

21º

sábado, 20 de julho de 2019

quinta, 13 de junho de 2019

Fundação Neotrópica do Brasil lança projeto ‘Observatório Serra da Bodoquena’

O planalto da Bodoquena localiza-se em uma área prioritária para a conservação da biodiversidade, por ainda possuir áreas naturais remanescentes relativamente conservadas e com notável potencial turístico.

Daniela Venturato - Assessoria de Imprensa Fundação Neotrópica do Brasil

(Foto: Divulgação)

 Com intenção de assegurar esses processos ecológicos de conservação, a Fundação Neotrópica do Brasil promove na próxima sexta-feira (14-06), das 8h30 às 12h no Instituto de Biociências (Auditório CPBIo/INBIO) na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS); o ‘Workshop de Lançamento do Projeto Observatório Serra da Bodoquena’. A iniciativa conta com o apoio financeiro da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Na ocasião os especialistas trarão temas propositivos aos objetivos do Projeto, que tem a intenção de estabelecer uma rede integrada entre órgãos de fiscalização e controle ambiental, entidades da sociedade civil, pesquisadores de universidades e centro de pesquisas para a divulgação e o debate de temas ligados a conservação da natureza na Serra da Bodoquena.

Essa inclusão busca diminuir possíveis falhas na gestão do território, pois ajuda tecnicamente os órgãos governamentais na elaboração de leis e normas mais efetivas para a conservação da natureza; auxiliando assim os processos de tomada de decisões em relação à gestão ambiental da área de abrangência do projeto”, complementa o superintendente executivo interino, da Fundação Neotrópica do Brasil, Rodolfo Portela Souza.

Para a diretora-executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes, o projeto é estratégico no contexto econômico e sustentável. “A Serra da Bodoquena fica localizada em uma área turística internacionalmente conhecida. Sem estratégias de conservação adequadas, esse potencial pode ser perdido, afetando toda a comunidade e os ecossistemas presentes na região.”

A programação contará com a participação dos pesquisadores Dr. Paulo Boggiani da Universidade de São Paulo (USP) que ministrará a palestra ‘Geologia da Serra da Bodoquena - Maravilhas e Fragilidades’. Apresentação técnica do Projeto “Observatório da Serra da Bodoquena” realizada pela Drª Juliana Terra, bióloga da Fundação Neotrópica do Brasil e, por fim será proferida a palestra ‘Turvamento dos rios da Região da Serra da Bodoquena: Atuação do Ministério Público’ pelos promotores Dr. Luciano Loubet e Dr. Alexandre Estuqui (MP/MS).

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: