BONITO / MS

31�

21�

quarta, 27 de outubro de 2021

quinta, 26 de agosto de 2010

Natureza: Gravação de Sons Naturais

Gravação de Sons Naturais: Percebendo a natureza de uma forma diferente

Quem gosta de natureza, e vive – ou passa a viver – em alguma região onde há presença significativa de vida silvestre, logo começará a perceber a riqueza sonora que nos rodeia. Com destaque para as aves, a diversidade de sons agradáveis, curiosos ou até incômodos é uma constante em lugares onde os animais ainda convivem com o homem.

Um dos passatempos mais populares para pessoas interessadas em fauna, e que não se contentam em apenas observá-la, é a fotografia de natureza. A esta atividade, no meu caso, associou-se o gosto pela gravação do canto das aves e de outros animais, além de sons diversos como cachoeiras e tempestades.

Com o tempo, isto pode se tornar um passatempo fascinante, e até mesmo – em uma escala ainda muito pequena no Brasil – uma fonte de renda. Existem, no mercado especializado, inúmeros CDs com gravações de sons de animais de várias regiões do planeta, além dos discos com sons naturais utilizados para relaxamento e meditação. Há ainda as emissoras de TV, que freqüentemente necessitam destes sons para a sonoplastia de documentários, filmes e novelas.

Para se iniciar nesta atividade de forma amadora, não é preciso muita coisa. Eu comecei – e continuei por muito tempo – utilizando apenas um gravador de bolso, daqueles que usam fitas do tipo “microcassette”, transferindo e editando posteriormente os sons no computador. Existem diversos modelos destes gravadores no mercado, com preços começando na faixa dos 50 reais, e alguns macetes na hora da escolha permitirão um melhor aproveitamento do aparelho em campo.

Se a coisa começar a ficar mais séria, existe todo um mercado especializado em equipamentos de áudio, desde gravadores digitais (DAT, MD), microfones (direcionais, estéreo e outros tipos), amplificadores, refletores parabólicos, alto-falantes, fones de ouvido e inúmeros acessórios. É claro que isto tudo acaba se tornando privilégio de poucos, pois o material é caro e geralmente só se encontra à venda no exterior.

Eu achei a solução para parte destas limitações através da criatividade. Um refletor parabólico (utilizado para dar direcionalidade ao microfone, quando se quer captar o som de apenas um animal eliminando os demais sons ao redor) pode ser substituído por um guarda-chuva invertido – uma economia de uns 500 dólares... Um shock mount (acessório para reduzir os ruídos gerados no microfone pela manipulação durante a gravação) pode ser montado utilizando um pedaço de cano de PVC e alguns elásticos feitos com câmara de ar de bicicleta (mais uns 100 dólares economizados!).

Estes sons naturais que captamos podem ter várias utilidades, seja pelo nosso simples prazer de escutá-los sempre que quisermos, seja para aprendermos sobre os pássaros, para fins científicos (distinção de espécies que são muito parecidas anatomicamente mas se distinguem pelo canto), ou ainda em atividades de educação ambiental.

Podem ser utilizados também no hobby de observação de aves, através da técnica chamada playback. Consiste em tocar o som de determinada ave para atraí-la e vê-la de perto, e funciona bem com espécies que vivem escondidas na mata. É uma técnica muito utilizada por guias especializados em conduzir turistas interessados em observar aves, e também por fotógrafos de natureza em busca de determinada espécie para fotografar.

Mas atenção! O playback é uma técnica que deve ser usada com extrema cautela, sendo ate mesmo condenada veementemente por alguns especialistas. O motivo é que, se aplicado de forma insistente e desnecessária, este recurso pode causar danos muito sérios (até mesmo a morte!) da ave que se pretende atrair. Portanto, antes de pensar em utilizar o playback, procure se informar a respeito através de clubes de observadores de aves e/ou sites na internet.

Agora, aperte a tecla “REC” e bom divertimento!


SAIBA MAIS

Ouça o som de algumas aves e mamíferos da região nas galerias de imagens do site Fotograma:
http://www.fotograma.com.br/_galeria.htm

Código de Ética do Observador de Aves (em português):
http://www.ao.com.br/coa_rj_c.htm

Comunidade sobre Gravação de Cantos de Aves no Orkut (em português):
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1191433

Artigo com muitas dicas sobre técnicas e equipamentos (formato PDF para download, em inglês):
TapeRecordingPrimates.pdf

Grupo de discussões sobre gravação de sons naturais (“Nature Recordists”, em inglês):
http://groups.yahoo.com/group/naturerecordists/

Outro artigo com dicas e técnicas de gravação (por John Neville, em inglês):
http://www.nevillerecording.com/samples.html

Loja online de equipamentos específicos para a atividade, nos EUA (Saul Mineroff):
http://www.mineroff.com/nature/

COLUNISTA

Daniel De Granville

daniel@portalbonito.com.br

Daniel De Granville, Biólogo formado pela USP e pós-graduando em Jornalismo Científico pela Unicamp, reside em Mato Grosso do Sul desde 1994, onde tem se dedicado ao ecoturismo e à fotografia de natureza. Seu site pessoal é www.fotograma.com.br, e o dia-a-dia do seu trabalho pode ser conferido em www.fotogramablog.blogspot.com.

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: