BONITO / MS

31�

21�

quarta, 27 de outubro de 2021

quinta, 26 de agosto de 2010

Um destino mais forte

Este mês Bonito foi escolhida pelo público nacional, através da revista Viagem e Turismo, como o melhor local de Ecoturismo do Brasil, ganhando em preferência de concorrentes importantes como Fernando de Noronha, Pantanal, Lençóis Maranhenses e Chapada Diamantina.

Este tipo de reconhecimento tem um papel muito importante para Bonito e aos que estão envolvidos com o Turismo nesta cidade, claro que, além do orgulho que trouxe a todos no ramo, a escolha serve como afirmativa de que hoje este é o destino do momento.

No entanto, muito trabalho ainda deve ser feito, pois a responsabilidade aumenta, já que o impacto direto de uma premiação como esta gera sempre maior fluxo de turistas.

O esforço que os empresários e trabalhadores do ramo tem desenvolvido, direta ou indiretamente, são os grandes responsáveis por esse sucesso tremendo, pois com um histórico recente de muita competência estão preservando os recursos naturais e organizando todo o processo receptivo de maneira muito eficiente, salvo algumas exceções, e mesmo com o fraco empenho governamental, com investimentos insuficientes e tardios.

É preciso ter em mente que a beleza e os recursos de um destino não são os fatores que tornam um produto consolidado, nada se estabelece sem que haja muito profissionalismo por trás desses requisitos, e o que acontece em Bonito torna-se um exemplo de como deve-se agir.

Muito trabalho ainda há de ser feito, principalmente na questão da aplicação mais rígida das leis de proteção ambiental para alguns atrativos, assim como na melhoria da infra-estrutura da cidade, mas no curto período em que se deu o boom do turismo no município, muito já foi realizado.

Cabe aos envolvidos pensar no futuro próximo. Primeiro na questão de um maior engajamento governamental nos problemas voltados para o desenvolvimento da atividade turística; a sociedade de Bonito, que hoje vê sua economia movimentada pelos recursos desta atividade, precisa despertar definitivamente quanto ao papel do Turismo para a cidade e cobrar mais de seus representantes, inclusive elegendo pessoas realmente comprometidas com o ramo. Já o empresariado necessita continuar investindo na qualificação de sua mão de obra, na melhoria da infra-estrutura, preservação dos recursos naturais e apoio às associações e entidades que trabalham no intuito de tornar suas ações mais organizadas e profissionais.

Nada muito longe do que já está sendo feito. Há muita gente competente em Bonito e este consolidado destino está no caminho certo.

Um parabéns merecido a todos.

COLUNISTA

Arlindo Namour Filho

namourfilho@portalbonito.com.br

Arlindo Namour Filho, 28 anos, residente em Campo Grande - MS. Formação superior em Direito e Turismo, fotógrafo profissional e repórter e articulista de turismo desde 1999, escreveu nos jornais O Palanque e A Crítica, e escreve atualmente na revista O Palanque VIP e no portal Campo Grande News.

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: